Arquivo da categoria: Por aí

Como pegar um turista pelo estômago, por Marianne Rangel

Padrão

As atrações que mais gosto de visitar nas viagens são as feiras. Não importa se é de bugiganga, de antiguidades, de flores… Em qualquer lugar do mundo tem uma famosa que vale a pena visitar! Mas se perguntarem o tipo de feira que mais gosto, não penso duas vezes: a de comida é o meu ponto fraco!

– Em Londres tem o Borough Market, que fica embaixo de um viaduto ferroviário entre a Borough High Street e o Rio Tâmisa. É um mercado de alimentos antigo, criado no século XIII, e que há alguns anos passou a fazer parte da vida dos londrinos mais preocupados com a qualidade na alimentação. Lá você encontra ingredientes de vários lugares do mundo, comidinhas deliciosas, doces e as frutas e verduras são tão lindas e coloridas que parecem de plástico. O ideal é ir na quinta-feira, quando está mais vazio, e um pouco antes do almoço. Assim você pode ir provando os quitutes que são oferecidos em várias barraquinhas, e depois emendar em um delicioso almoço em algum restaurante da região. Se não estiver pela cidade na quinta-feira, vá em qualquer outro dia. Só não deixe de ir, pois é um programa imperdível para os amantes da boa comida!

Borough Market - Londres

Como chegar: Pegar a Nothern Line (linha preta) ou a Jubillee (linha cinza) e saltar na estação London Bridge.

Dias e horários de funcionamento: Quintas de 11 às 17h; sextas de 12 às 18h e sábados de 8 às 17h

– Em Amsterdam indico a feira Albert Cuypmarkt, que acontece há mais de 100 anos! Passeando pela feira você vai encontrar roupas, comidas, chocolates com formatos, digamos, engraçados, e até mesmo uma bandinha tocando Garota de Ipanema ! Mas para mim, o achado de lá é o famoso carrinho de stroopwafels, um biscoito tradicional da Holanda que vende em qualquer mercado. O diferencial do biscoito que é vendido na feira é que é feito na hora, com o recheio de caramelo quentinho, hummmm… Dá água na boca só de pensar!

Albert Cuypmarkt em Amsterdam

Como chegar:

Tram 4 ou 25: Saia na Stadhouderskade

Tram 16 ou 24: Saiaem Albert Cuypstraat

Tram 3 ou 12: Saia na Ceintuurbaan, e caminhe até a Albert Cuypstraat

Dias e horários de funcionamento: De segunda à sábado, das 9 às 18h

– Em Barcelona tem o tradicional Mercat de la Boqueria. Lá você encontra de tudo: peixes, carnes, frutos do mar, massas, frutas, doces, queijos, pães, especiarias, legumes… Além disso, ainda tem uma adega de vinhos e bares de tapas onde você pode experimentar a mais típica culinária espanhola! Só as cores do lugar já valem a visita! É o mais lindo e colorido mercado da cidade. Localizado no meio da Ramblas, é um lugar de parada obrigatória em Barcelona!

Mercat de la Boqueria - Barcelona

Como chegar: Rambla, 91. Não tem mistério. Andando pela Rambla, rua mais famosa de Barcelona, você vai se deparar com o mercado.

Dias e horários de funcionamento: De 9 às 20h30 (mas evitem ir muito tarde, pois muitos dos vendedores fecham cedo)

–  Em Marrakesh tem a Praça Jeema el Fna, que a noite se transforma em uma verdadeira feira a céu aberto. Encantadores de serpentes e contadores de histórias se misturam  a uma infinidade de barraquinhas de suco de laranja e de comidas tipicas! O cheiro de carne grelhada e de especiarias se espalha por toda a praça misturado ao som entoado pelas mesquitas chamando seus fiéis para a oração. É uma experiência antropológica, que recomendo a todos! Dica:  Dizem que a barraca N° 1, da Aicha, é a melhor da Praça Jemaa El Fna. A Aicha é uma simpatia e a comida bem gostosa. Super indico! Mas deixe seu preconceito de lado e vá sem medo e sem frescura! Tá na chuva é pra se molhar! Tente não pensar em como a comida é feita, pois as regras básicas de higiene que usamos aqui não são aplicadas em todos os lugares do mundo! 

Praça Jeema el Fna - Marrakesh

Para finalizar, deixo para vocês a dica mais importante de todas, que vai servir para todas as feiras gastronômicas que visitarem pelo mundo. Esqueça a dieta durante qualquer viagem e se permita experimentar tudo o que tiver vontade!

Bjs, Nanne!

 

Marianne Rangel, conhecida também como “Nanne Tour”, é nossa amiga, Jornalista, parceira de viagens, blogueira mantenedora do Blog Despachadas  e, claro, fã da Saboreatta. =)

Quer ver o Jamiroquai no Rock in Rio? A Saboreatta te leva!

Padrão


A promoção relâmpago da Saboreatta vai sortear 1 par de ingressos para o dia 29/09.

Para participar é fácil.

Basta garantir seus “cupons virtuais” através das seguintes ações (ps:você pode realizar apenas UMA ação, mas a cada nova ação realizada você garante mais um cupom!!):

– Curtir a nova Fan Page Saboreatta no Facebook 

– Seguir a Saboreatta no Twitter

– Twittar a frase “Eu quero ir ao Rock in Rio com a @saboreatta

– Subscribe no blogsaboreatta.com em”Sigam-me os bons”

– Replicar o link da promoção no seu mural do Facebook com a frase: “Eu quero ir ao Rock in Rio com a @Chocolates Saboreatta

Cada ação vale 1 “cupom virtual” para o sorteio online.

Quanto mais ações, mais chances de ganhar!

Não fique fora dessa!

O sorteio acontece no dia  27/09 às 15hrs. Fiquem ligados!!

Beijos, equipe Saboreatta!

Merhaba! Comidinhas e curiosidades de Istambul

Padrão

Empolgadíssimas com o clima de “Caminho das Índias”, chegamos ao aeroporto já tentando decifrar todas as placas, observando os costumes, as burcas, os narizes turcos, que, diga-se de passagem, são realmente notáveis! rs.. =P

Depois da passagem incrível por Marrakesh, no ano passado, esperávamos nos surpreender com uma cidade de cultura riquíssima, porém menos “modernosa”. Engano nosso! De estranho mesmo só alguns pequenos detalhes, como:

– O amigável banheirinho turco (que Deus me livre e guarde!)

No pit-stop do ônibus a caminho de Istambul fui ao toalete e me deparei com TODOS os vasos no estilo Are-Baba!! Desesperada, perguntei pra moça da limpeza onde estava o “normal toilet”. Ela, obviamente, não entendeu e respondeu algo bem turco… Daí, começamos a brincar de imagem em ação!! Eu falava “Normal toilet!” e sentava em cima da privada imaginária que eu mesma desenhava no ar. Em reposta, ela abria os braços, apontava paras portas e descarregava aquelas palavras, que mais pareciam xingamentos… Foi aí que apareceu uma menina que entendeu o que eu estava falando e me encaminhou para a última portinha. Ambas ficaram rindo de mim como se fosse piada! =( Graças a Deus, nesse reservado, eu vi um lindo e reluzente vaso sanitário ocidental , como se estivesse iluminado pela luz divina.. Ufa!! Hehehe!

Banheiro turco... oi?

– Agora falando sério… as comidinhas!!!  

A gastronomia lá tem uma característica única, o gosto marcante das especiarias. Seja no kebap, no arroz com lentilhas, nas almôndegas, ou no pãozinho, tudo tem gosto de especiarias! Bem diferente dos temperos brasileiros…

A refeição da manhã (pq não parece muito um café da manhã..rs)

Começamos muito bem a experiência gastronômica turca, com o café da manhã! Para começar bem o dia: ovos cozidos, tomate picado, grão de bico, azeitonas, picles, o queijo mais salgado do mundo e pão. Pra quem está de dieta vale por um almoço completo!! rs… 

cafe da manhã

cafe da manhã

Algumas comidas típicas 

O meu prato turco preferidas é a pizza turca! Sensacional, feita com de massa levinha (parecida com a de pão sírio) e sabores para todos os gostos. A minha favorita é a de queijo com ovo, mas não era um ovo qualquer, era um tipo de ovo frito na própria massa… Demais! 

Pizza turca

Pizza turca servida com Ayran (yogurte salgado)

Outra dávida divina é o famoso Kebap, o verdadeiro alimento dos viajantes..rs! Mas muito cuidado porque lá eles podem ser de vários tipos. O mais comum é de carne (cordeiro, porco ou frango) fatiada, enrolada no pão sírio, acompanhado de molho de yogurte e molho de tomate picante (muito bom!). Mas existe também o Kebap que parece almôndega; o que é servido como refeição com carne fatiada, arroz e salada; o que parece kafta; o kebab espetinho, etc… Se você quiser o Kebab comum não esqueça de falar a palavra “roll”.

Kebap

O café turco (kahve)

Depois de muito viajar e provar de toda a espécie de “chafé” que rola pela Europa, perguntamos ao simpático gerente de um restaurante se o café de lá era forte. Foi então que ele nos ofereceu um legítimo café turco, “forte como nenhum outro”. Ficamos bem felizes e ansiosas por um bom café fortinho como os daqui… até que… chegou um café totalmente NÃO coado!! Tinha borra até a borda! Na verdade era um creme de pó de café,  bastante intragável para o meu paladar. =/ E o pior foi ter que fingir que estava ótimo pra não fazer desfeita para o tão solícito rapaz. Pouco tempo depois ficamos sabendo que, além de tornar o café estranho, a borra que fica no fundo da xicara serve também para ler a sorte da pessoa. Mas já era tarde pra se aventurar com outra xícara…

café turco

O chá turco (çay)

Por todo e qualquer lugar da cidade é comum ver bandejas sendo carregadas de um lado pra outro com copinhos de cintura fina e chá avermelhado. Ele está em todo lugar: restaurantes, ruas, parques, bares, cafés. Independente do calor mais insuportável, lá estão as bandejas de çay. Tudo o que conseguíamos tomar era água, mas os turcos parecem se refrescar com o chazinho escaldante… eu hein! O mais comum é o de maça.

çay (pronúncia: 'tchai')

A sobremesa

Os doces são interessantes, mas estão longe de ser a 8a maravilha do mundo. Mas há quem morra por eles… é só uma questão de gosto! Dentre os doces que provei estão as famosas Baclavas, lokum ou turkish delight (goma doce), dondurma (o sorvete que nunca dorme! rs… mentira! é o “sorvete puxa”!), o pitulito de vários sabores.


Repleta de mesquitas espalhadas pela cidade, o que já era de se esperar, a cidade encanta pela beleza e magnitude de seus monumentos e pela sua modernidade, pois até na padaria do Zé da esquina (nesse caso, Mohammed da esquina) tinha Wi-fi! Isso é INCRÍVEL!!


ps: Nunca, nunca, nunca deixem de comprar algumas pashminas turcas!! Um verdadeiro tesouro!! rs…


Actha! Atcha!

Pric Baeta

Bazar Casa Verde

Padrão

No próximo sábado participaremos da edição Primavera do Bazar Casa Verde.

Com entrada franca, o evento reúne o melhor da moda, decoração e gastronomia da cidade.

Esperamos vocês lá!  Bjos! =)

Marcas participantes: Ajour, Armazém 106, Caravana Mística, Chocolates Saboreatta, Cotton de Fadas, Cupcakes Pâtisserie, Daniela Curvelo, Delícias Grillo – Pães Artesanais, Erika Facuri, Joana Angelica, Kissmet, Omin Rosas, Patuá, Petit Bijou, S. Gabotto, Soy Safo, Studio Perfecta e Yellow.

Bazar Casa Verde

Horário: 14 horas

Endereço: Avenida Padre Natuzzi, 7, São Francisco – Niterói

Entrada franca

Informações: 3904-9397

Rio Gastronomia

Padrão

Pra quem é fã de boa gastronomia e está na Cidade Maravilhosa ainda pode aproveitar o ‘Rio Gastronomia’.

O festival, que acontece até 28 de agosto, reúne história, cozinha itinerante comandada por grandes chefs que preparam quitutes em diversos pontos da cidade, música e muito mais.

O destaque da Saboreatta vai para o Roteiro Gastronômico, onde inúmeros restaurantes oferecem menus exclusivos para o evento (entrada, prato principal e sobremesa).

E o melhor.. os precinhos são bem camaradas! =)

A boa pedida de hoje foi um almocinho no Brasserie Europa, no Centro.

Segue cardárpio…

 

Vale a pena conferir a lista de restaurantes e suas delícias!

 Bon appetit! 😉