Merhaba! Comidinhas e curiosidades de Istambul

Padrão

Empolgadíssimas com o clima de “Caminho das Índias”, chegamos ao aeroporto já tentando decifrar todas as placas, observando os costumes, as burcas, os narizes turcos, que, diga-se de passagem, são realmente notáveis! rs.. =P

Depois da passagem incrível por Marrakesh, no ano passado, esperávamos nos surpreender com uma cidade de cultura riquíssima, porém menos “modernosa”. Engano nosso! De estranho mesmo só alguns pequenos detalhes, como:

– O amigável banheirinho turco (que Deus me livre e guarde!)

No pit-stop do ônibus a caminho de Istambul fui ao toalete e me deparei com TODOS os vasos no estilo Are-Baba!! Desesperada, perguntei pra moça da limpeza onde estava o “normal toilet”. Ela, obviamente, não entendeu e respondeu algo bem turco… Daí, começamos a brincar de imagem em ação!! Eu falava “Normal toilet!” e sentava em cima da privada imaginária que eu mesma desenhava no ar. Em reposta, ela abria os braços, apontava paras portas e descarregava aquelas palavras, que mais pareciam xingamentos… Foi aí que apareceu uma menina que entendeu o que eu estava falando e me encaminhou para a última portinha. Ambas ficaram rindo de mim como se fosse piada! =( Graças a Deus, nesse reservado, eu vi um lindo e reluzente vaso sanitário ocidental , como se estivesse iluminado pela luz divina.. Ufa!! Hehehe!

Banheiro turco... oi?

– Agora falando sério… as comidinhas!!!  

A gastronomia lá tem uma característica única, o gosto marcante das especiarias. Seja no kebap, no arroz com lentilhas, nas almôndegas, ou no pãozinho, tudo tem gosto de especiarias! Bem diferente dos temperos brasileiros…

A refeição da manhã (pq não parece muito um café da manhã..rs)

Começamos muito bem a experiência gastronômica turca, com o café da manhã! Para começar bem o dia: ovos cozidos, tomate picado, grão de bico, azeitonas, picles, o queijo mais salgado do mundo e pão. Pra quem está de dieta vale por um almoço completo!! rs… 

cafe da manhã

cafe da manhã

Algumas comidas típicas 

O meu prato turco preferidas é a pizza turca! Sensacional, feita com de massa levinha (parecida com a de pão sírio) e sabores para todos os gostos. A minha favorita é a de queijo com ovo, mas não era um ovo qualquer, era um tipo de ovo frito na própria massa… Demais! 

Pizza turca

Pizza turca servida com Ayran (yogurte salgado)

Outra dávida divina é o famoso Kebap, o verdadeiro alimento dos viajantes..rs! Mas muito cuidado porque lá eles podem ser de vários tipos. O mais comum é de carne (cordeiro, porco ou frango) fatiada, enrolada no pão sírio, acompanhado de molho de yogurte e molho de tomate picante (muito bom!). Mas existe também o Kebap que parece almôndega; o que é servido como refeição com carne fatiada, arroz e salada; o que parece kafta; o kebab espetinho, etc… Se você quiser o Kebab comum não esqueça de falar a palavra “roll”.

Kebap

O café turco (kahve)

Depois de muito viajar e provar de toda a espécie de “chafé” que rola pela Europa, perguntamos ao simpático gerente de um restaurante se o café de lá era forte. Foi então que ele nos ofereceu um legítimo café turco, “forte como nenhum outro”. Ficamos bem felizes e ansiosas por um bom café fortinho como os daqui… até que… chegou um café totalmente NÃO coado!! Tinha borra até a borda! Na verdade era um creme de pó de café,  bastante intragável para o meu paladar. =/ E o pior foi ter que fingir que estava ótimo pra não fazer desfeita para o tão solícito rapaz. Pouco tempo depois ficamos sabendo que, além de tornar o café estranho, a borra que fica no fundo da xicara serve também para ler a sorte da pessoa. Mas já era tarde pra se aventurar com outra xícara…

café turco

O chá turco (çay)

Por todo e qualquer lugar da cidade é comum ver bandejas sendo carregadas de um lado pra outro com copinhos de cintura fina e chá avermelhado. Ele está em todo lugar: restaurantes, ruas, parques, bares, cafés. Independente do calor mais insuportável, lá estão as bandejas de çay. Tudo o que conseguíamos tomar era água, mas os turcos parecem se refrescar com o chazinho escaldante… eu hein! O mais comum é o de maça.

çay (pronúncia: 'tchai')

A sobremesa

Os doces são interessantes, mas estão longe de ser a 8a maravilha do mundo. Mas há quem morra por eles… é só uma questão de gosto! Dentre os doces que provei estão as famosas Baclavas, lokum ou turkish delight (goma doce), dondurma (o sorvete que nunca dorme! rs… mentira! é o “sorvete puxa”!), o pitulito de vários sabores.


Repleta de mesquitas espalhadas pela cidade, o que já era de se esperar, a cidade encanta pela beleza e magnitude de seus monumentos e pela sua modernidade, pois até na padaria do Zé da esquina (nesse caso, Mohammed da esquina) tinha Wi-fi! Isso é INCRÍVEL!!


ps: Nunca, nunca, nunca deixem de comprar algumas pashminas turcas!! Um verdadeiro tesouro!! rs…


Actha! Atcha!

Pric Baeta

Anúncios

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s